17 de dez de 2009

FÉRIAS!


Olá pessoal, é com muita tristeza que venho fazer este post hoje :(
O motivo é que nós (os blogueiros do arquitetrip) estaremos nos ausentando do blog até janeiro, devido as férias... Espero que vocês tenham gostado dos nossos primeiros posts em 2009 e fiquem sabendo que foi só um preview! Ano que vem vamos voltar com força total e com muita coisa interessante pra você, meu querido leitor. Hê
Então, desde já quero lhes desejar um FELIZ NATAL e FELIZ ANO NOVO com muita saúde, paz e amor nesses corações! E lembrem-se: diga não as drogas e use camisinha! HAHAHA
grande moralista eu, heim? haha
Beijos pessoal, acho que é isso... e esse foi meu ultimo post do ano :(
by DÉÉÉÉÉÉÉ

VAMOS CURTIR AS FÉRIAS P(*#@*(#&(*@&! UHUUUUUUUUUUUL
se quiser curtir comigo, é só me procurar no bar mais próximo da sua casa.
beijos

11 de dez de 2009

Holanda

Eai galerë, belezaa?? Hj eu vi um livro alts massa, falava de uns arquitetos loucos da Holanda, ai eu pensei em postar algo sobre isso :}
beijoz, Jaure :*

La Defense

La Defense é um escritório de construção que se encontra em uma pequena empresa-parque e é parcialmente cercado por edifícios. Está localizada em Almere, uma das cidades mais novas da Holanda. O La Defense contém dois volumes, que são diferentes em comprimento e altura. O pátio interno é elevado e é onde se encontra o estacionamento. A fachada voltada para a rua é de na cor prata, então ele não é muito notado porque ele ta em um ambiente de edifícios de tijolos cinzentos. A fachada é interrompida em dois lugares que dão vista para as fachadas coloridas no interior. Estes são cobertos com uma folha, que foi desenvolvida para cobrir frascos de perfume, mas nunca foi usada para isso.





Netherlands Institute for Sound and Vision


O Netherlands Institute for Sound and Vision é um edifício novo, projetado por Willem Jan Neutelings e Michiel Riedijk, e está localizado no Campus Nacional de Televisão em Hilversum. Ali está guardado todo o material audiovisual produzido na Holanda desde os primeiros dias da TV e da rádio holandesa. Ele foi projetado como um cubo perfeito, sendo metade construída no subsolo. Além dos arquivos e salas, abriga ainda um museu, transformando o local em um novo ponto de referência cultural da cidade.

Idealizado com a colaboração do artista de 65 anos Jaap Drupsteen, os painéis da fachada são impressos com imagens famosas da televisão holandesa: o ministro da justiça andando de bicicleta, por exemplo, ou Johan Cruyff marcando um gol. Por meio da tecnologia de computação, Drupsteen compactou as imagens e as fundiu no vidro.

O efeito é fascinante. As imagens são identificáveis apenas de determinados ângulos, como se o edifício tivesse sido impresso com traços frágeis de memórias compartilhadas. Mas a fachada externa também é uma crítica implícita da cultura contemporânea. A falta de clareza das imagens representa o bombardeio diário da internet, televisão, cinema e jornais, mas aqui parecem congeladas no tempo, como se estivessem temporariamente domadas.





9 de dez de 2009

Soluções para o Futuro!

Ooi amores! Desculpem pela ausência... eu tava procurando algo realmente bom pra postar e acho que encontrei! Espero que curtam e agradeço deis de já aos leitores do blog.
Beijos, Dé!



Como ultrapassar a elevação dos mares e costas da população humana continua a crescer, alguns especialistas acreditam que nós, eventualmente, não têm escolha senão viver em um mundo real life 'água', construção de hotéis, domicílios e mesmo cidades inteiras no oceano aberto.
Forward arquitetos pensando já estão planejando para esta possibilidade, e sua gama de modelos futuristas de Star Wars inspirado instalações de investigação marinha para hotéis submarinos de luxo.

Hydropolis Underwater Hotel

Um hotel de grande luxo maior do Hyde Park de Londres, com 220 suítes, bares, restaurantes, lojas e teatros - todos localizados sob a superfície do mar.
Enquanto o Hotel Hydropolis soa como uma maravilha da ficção científica, está actualmente em construção (onde mais?) Dubai.
Localizado no Golfo Pérsico, ao largo da costa, o hotel terá convidados de transfer de terrenos para o complexo submarino através de um comboio num túnel.

Waterpod Eco Flutuante-Habitat.


Imagine viver em seu próprio totalmente auto-sustentável herdade, completo com uma turbina de vento, os alimentos orgânicos frescos de seus jardins, e uma fonte de água purificada frescas de um rio próximo.
Agora, imagine que disse herdade é realmente uma ilha flutuante móveis que podem ajudar a sua família sobreviver a pior das conseqüências da mudança climática.
O 'Waterpod' é o seu próprio pequeno eco-Habitat, uma comunidade sustentável construído a partir de materiais reciclados, e um grupo de artistas construíram e levou-o a uma viagem de quatro meses no East River de Nova York em 2009.

Marine Research Facility (Inspirado no Star Wars)
Instalações de investigação marinha dot costas ao redor do mundo, mas não são geralmente muito de olhar.
A Facilidade no mar, que iria mudar, com um design surpreendente inspirado por Star Wars, árvores e plataformas de petróleo offshore.
O centro do elemento estrutural de cada edifício é um tronco como coluna que abriga muitas das funções mais importantes da instalação, como o armazenamento de energia, a sala de máquinas ea sala de controle.
Laboratórios, salas de aula e escritórios iria ocupar as esferas de "investigação", enquanto os discos "habitat" irá conter áreas residenciais.
Significou para a casa de cientistas por períodos de 6-12 meses, este projeto por Jason Mellard, se situa acima e abaixo da superfície da água.

Eco-Friendly, totalmente utópico
É um conceito fascinante, mas que é improvável que alguma vez se tornar realidade: uma surpreendente ponte amigável que medem o Estreito de Bering, que não vai só facilitar o comércio entre os E.U. e Rússia e proteger a vida selvagem, mas servem como um espetáculo visual diferente de qualquer estrutura já construída .
A proposta prevê uma Arquitetura auto-suficiente, energia limpa, ecossistema em harmonia com a vida marinha e também apresentam um parque e uma aldeia "utópico de amanhã".

Poseidon Undersea Resort
Se você já sonhou em dormir 40 metros de profundidade e pilotar o seu próprio submarino através de uma lagoa tropical, o Poseidon Undersea Resort é atualmente o único lugar no mundo onde você pode realmente fazer as duas coisas.
Um elevador equipado com paredes de acrílico para uma exibição praticamente ininterrupta do mar transporta os hóspedes para o fundo do mar.
O Poseidon Undersea Resort abre no início de 2010 e vai custar US $ 30.000 por casal por semana.

Aeroporto Flutante de San Diego

O que fazer em uma cidade apertada quando não há espaço para a expansão de um aeroporto que é tão necessária? Como sobre a construção de um aeroporto flutuante ao largo da costa?
Adam Englund, advogado em San Diego, surgiu com a idéia de construir o aeroporto da cidade no estilo de uma plataforma petrolífera a 10 milhas ao largo da costa, o que também funciona como um maciço de três quilômetros quadrados de recifes artificiais.
Englund e seus mais de 40 colaboradores, incluindo pilotos, arquitetos navais, engenheiros de transporte marítimo, tem um plano de negócio de US $ 20 bilhões para que isso aconteça, mas o maior entrave é conseguir a permissão do governo.

Solar Offshore Parking Lot

Em vez de desperdiçar espaço em uma cidade, carros estacionados poderiam estar produzindo energia solar com seus pára-brisas de um parque de estacionamento no exterior.
Essa é a idéia por trás da Solasis Tower, uma plataforma flutuante que iria transformar os para-brisas dos veículos em heliostats para concentrar a luz solar e transformá-lo em energia renovável. Os motoristas podem tanto usar uma linha de metro para chegar à cidade, ou simplesmente caminhar.

Auto-suficiente Floating Home

,

Destinada a ser utilizada como uma casa de aluguel por mar-amantes que desejam uma vida no mar. A reciclagem da água e dessalinização, ventilação natural e um sistema de alta tecnologia de sombreamento dirigido por computador são apenas algumas características da casa.
Projetado especificamente para o Mediterrâneo, ao largo da costa noroeste da ilha de Zante grego, a casa é pintada de branco stark em estilo grego típico e é feito de concreto e aço.

A Cidade Piscina

O Instituto Seasteading patrocinou um concurso de design que atraiu um número impressionante de inscrições. Os participantes tinham que apresentar seus conceitos para seasteads - plataformas flutuantes que permitem que as pessoas se fixem no oceano como eles fazem na terra.
O grande vencedor foi a "Cidade Piscina" do designer gráfico de arquitetura, András Gyõrfi.
Este design mais se assemelha a cidades contemporâneas sobre a terra, com casas de campo coloridas, um heliporto e um pátio central.

SESU Seastead

A SESU Seastead, projeto do arquiteto Marko Jarvela, foi o vencedor por seu projeto ter a melhor estética da competição, com uma casca exterior que chama a atenção para as escamas e barbatanas de peixe.
Jarvela diz, "Os principais objetivos do projeto tem sido aerodinâmica, hidrodinâmica, bem como a capacidade de navegar em mar aberto e resistir a condições climáticas extremas. O interior em camadas é derivado de zoneamento térmico e funcional. Princípios de design solares passivos têm sido empregadas e vegetação é amplamente utilizado para controlar o clima interno e fornecer alimentos para os habitantes. "

Gaivota Hotel

O Hotel Gaivota foi o vice-campeão, imaginado pelo designer Matias Perez como uma estrela de seis pousada oceânica.
Isto decididamente desenho industrial quem possui quatro edifícios principais coberto com polvo-como estruturas que estendem as suas metálico 'tentáculos' para o chão.

Oasis of the Sea - Luxo Open-Ocean Resort


Oasis of the Sea, peojeto do designer Emerson Stepp, é uma forma sustentável, eco-resort de luxo no oceano adornada com turbinas eólicas, palmeiras e um número de vigia-redondas, como as janelas.
Diz o estudante de arquitetura, "Eu projetei o meu ''seastead'' para ser visualmente atraente, mas ao mesmo tempo, capaz de resistir ao clima áspero que vem com arquitetura marítima. Eu tentei fazer o design imitar o ambiente que permanece uma entidade separada, e eu também utilizou uma grande quantidade de vegetação para garantir que o seastead perder a sensação de ser apenas um barco de grande porte. Eu tentei fazer as áreas em torno da estrutura parecer tão bem como um parque urbano para ajudar as pessoas a se adaptar ao novo cenário ".



Série: Arquitetos Internacionais!

Arquiteto de hoje: Peter Zumthor!


Peter Zumthor nasceu em 1943 na Suíça, estudou no Pratt Institute em Nova York durante a década de 60. Trabalhou em vários projetos de restauração histórica, e tipo, com isso ele compreendeu melhor a construção e as qualidades de diferentes materiais da construção rústica. Ele foi capaz de incluir os seus conhecimentos sobre matérias pra construção modernista e detalhamentos.

Termas em Vals - Suiça.


Zumthor deu aula em várias universidades, entre elas Harvard Graduate School of Design, e no Instituto de Arquitetura do Sul da Califórnia em Los Angeles. Ele recebeu inúmeros prêmios, entre eles o Premio Pritzker em 2009.


Peter Zumthor acredita que a arquitetura deve ser vivida em primeira mão! Atualmente, Zumthor trabalha no seu pequeno estúdio, que fundou em 1979, na cidade de Haldenstein, na Suíça.


Kolumba Museum


Design Crack
Acho que é isso :B haha
beeijoZ galerë!!!

8 de dez de 2009

Construções Verdes - Continuação

Galera, só pra completar meo post sobre Construções verdes, vou colacar aqui 3 videos sobre o assunto. É de uma série do "Bom Dia Brasil", que mostra 3 cidades que estão adotando a "Arquitetura Verde".

O 1º fala sobre um projeto que pode se tornar realidade em NY, que é um prédio em formato de Libélula e que seria como uma fazenda vertical. Fala também da reforma que estão fazendo no prédio mais famoso de NY, o Empire State, pra que ele se torne "verde" também.
Nova York é um exemplo de arquitetura verde.

O 2º é de um prédio lá na Alemanha, na cidade de Ülm, que é tida como a cidade mais ecológica do mundo.
Arquitetura Verde: o prédio que respira.

E o 3º é sobre locais em São Paulo que estão adquirindo esse tipo de "arquitetura sustentável".
SP: arquitetura ecológica faz parte da realidade da cidade.

Vejam, vale a pena :D
Falou pessoal.
BeeijoZ
[outro post pra ti catapaaan :D]

6 de dez de 2009

FAIL













Construções Verdes

Hoje vou fazer um post sobre umas paradas que estão começando a “surgir” atualmente, que são as “construções verdes” ou “construções sustentáveis”. O assunto é muito abrangente, mas eu vou meio que resumir.

A gente pode definir uma construção verde não só pelas propostas de melhorar o uso dos recursos naturais, ou pela utilização de materiais eco-eficientes, mas também pelo estudo detalhado que é feito muito antes do projeto da obra. Essas construções serão umas das soluções mais funcionais pra diminuição da emissão de gases estufas na atmosfera.

Tipo, no começo, fazer uma construção verde pode ser mais caro que uma construção normal, mas com o passar do tempo, esse custo “diminui” porque você economiza energia elétrica e água. A diminuição do uso da energia fica em torno de 50%, mas em construções mais eficientes pode chegar a 68%.

Usar painéis solares pra captação de energia [sim, eu sei q não é barato :B buuut funciona], reutilizar água das chuvas [aaaaaaah em joinville vai ser difícil, pq nunca chove aqui], desligar as luzes que não estão sendo usadas, e tals, são maneiras de ajudar a cuidar do meio ambiente e faz sua casa ficar mais “ecologicamente correta”. E pra galera que ainda não ta pensando em construir uma casa ou um prédio, mas que quer fazer sua parte, tem vários jeitos de ajudar, por exemplo, subir alguns degraus de escada, levar sacola de pano quando for fazer compra, assim tu não vai precisar pegar as sacolitchas plásticas do mercado, limpar o filtro do ar condicionado, e também, da pra fazer o que a galera da Ecoquê [pessoal da 4ª fase da facul] ta fazendo, que é pegar pneus velhos e transformar eles em puffs, ou juntar um monte de disquete e fazer um porta treco, latinhas de Nescau viram luminárias, entre outras idéias massas.

Voltando pras construções verdes...os defensores da arquitetura verde lembram que os ganhos com ela vão além da contribuição para o meio ambiente. Nos EUA cerca de 1,24 milhão de casas e prédios verdes são construídos por ano. E no Brasil, quantas são feitas por ano???



Acho que é isso, sei lá :B hahaha e de novo, mals pelo texto enorme HAHA
Beijos e até mais!

[créditos ao meo amigo André Catapan que deu a idéia do post :D]

4 de dez de 2009

Série: Arquitetos Internacionais!

Arquiteto de Hoje: Antoine Predock

Antoine Predock nasceu em 1936 no Líbano, Missouri. Ele estudou na Escola de Arquitectura da Universidade do Novo México e se formou na Universidade de Columbia. Mas foi no Novo México, onde cultivou seus conceitos iniciais, aprendendo a respeitar a cultura "Roots" do local, que serve como um princípio para todas as suas obras.


Seus projetos têm movimentos impressionantes, o volume e os materiais dos edifícios parecem torná-lo parte da paisagem com inserções fascinantes. A arquitetura de Antoine Predock é uma experiência única para seus usuários.

Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, Albuquerque, Novo México, E.U.A.





Austin City Hall e Praça Pública, Austin, Texas, E.U.A



Influências:
Durante seu período na Universidade de Columbia, Predock se envolveu com a dança e do corpo no espaço através do trabalho de Jennifer Masley, Merce Cunningham, Yvonne Rainier, e em seguida, Anna Halprin.
"Isto influenciou profundamente o meu trabalho. Penso em meus edifícios como eventos processional, como os eventos coreográficos, pois eles são uma acumulação de pontos de vista tanto perceptivas e experiencial ".
Sua educação inicial foi baseado em modernismo e considera a influência de um jovem Louis Kahn, muito importante para sua carreira. A intensidade e a atenção aos detalhes de Frank Lloyd Wright também foram importantes para ele.

Casa Logjam, Rio Blanco, E.U.A.



Gateway Center e Plaza, Minneapolis, Minnesota, E.U.A







Projetos:
Alguns de seus projetos mais parecem ser atos da natureza, como se o chão mudou um pouco e parou novamente. No entanto, outros projectos parecem estar em constante movimento, contando uma história em cada detalhe do prédio. Todos estes elementos somados a uma linha de simples matérias-primas, fazem com um simples olhar em seu trabalho tornar-se uma experiência indescritível.
Em 2006, Predock foi condecorado com a Medalha de Ouro da AIA, juntando um grupo seleto de arquitetos. O escritório de Antoine Predock agora tem 3 estúdios: Taipei, Califórnia, e identificado como sua base, Novo México.


É isso ai amores, GLOBO A GENTE SE VÊ POR AQUI.
bj